Crítica: A Rede Social

O grande trunfo de A Rede Social é conseguir prender a atenção de quem o assiste logo na primeira cena, muito embora seja uma das cenas mais verborrágicas e chatas dos últimos tempos. Ela é superrápida, de tirar o fôlego, se você perder uma palavra é capaz de se embananar todo para conseguir voltar ao fio da meada. Até uma das partes envolvidas na cena quase não consegue acompanhar a outra. E tudo isso num diálogo. Só uma conversa. Mas é nessa conversa que a figura principal do filme nos é apresentada: Mark Zuckerberg, o gênio criador da maior rede social online do mundo, o Facebook, conversa com sua namorada, e essa conversa se torna muito reveladora, ajudando-nos a entender quem é o Mark Zuckerberg… Pelo menos aquele mostrado no filme.

Anúncios

Crítica: Mary e Max – Uma Amizade Diferente*

Sinopse: Uma história de amizade entre duas pessoas muito diferentes: Mary Dinkle (voz de Toni Collette), uma menina gordinha e solitária, e Max Horovitz (voz de Philip Seymour Hoffman), um homem de 44 anos, obeso e judeu que sofre de Síndrome de Asperger. Mary e Max é uma viagem que explora a amizade, o autismo,…

Crítica: Encontro Explosivo

Será que eu ainda lembro como se escreve isso? Tanto tempo… rsrs Vamos ver… Sinopse: June (Diaz) sempre foi uma mulher solitária. Mas, ao conhecer Miller (Tom Cruise), um agente secreto, dentro de um avião, sua vida muda totalmente. Ele a leva numa violenta viagem pelo mundo, para proteger a chave de uma infinita fonte…

Crítica: Amor Sem Escalas

Sinopse: Ryan Bingham (George Clooney) é um consultor que trabalha para uma empresa e sua principal função é demitir pessoas. Por conta disso, aprendeu a ser uma pessoa fria e sem muitos relacionamentos. Seu emprego é posto em risco quando surge Natalie Keener (Anna Kendrick), que desenvolveu um sistema de videoconferência por onde as pessoas…

Crítica: Sherlock Holmes

Sinopse: Final do século XIX. Sherlock Holmes (Robert Downey Jr.) é um detetive conhecido por usar a lógica dedutiva e o método científico para decifrar os casos nos quais trabalha. O dr. John Watson (Jude Law) é seu fiel parceiro, que sempre o acompanhou em suas aventuras. Porém esta situação está prestes a mudar, já…

Crítica: Nova York, Eu Te Amo

Sinopse: Em “Nova York, Eu Te Amo!” onze diretores contam histórias de amor, medo e humor que se passam na cidade de Nova York, a metrópole que nunca dorme. O filme é nos moldes de “Paris, Eu Te Amo”, dando continuidade ao projeto “Cities of Love”. Confesso que estava bem curioso para ver “Nova York,…

Crítica: Os Fantasmas de Scrooge

Sinopse: Ebenezer Scrooge (Jim Carrey) é um homem avarento que não gosta do natal. Comanda a punhos de ferro um escritório em Londres e conta com a ajuda de Bob Cratchit (Gary Oldman), seu pobre, mas feliz empregado. Numa véspera de natal, Scrooge recebe a visita de seu ex-sócio, Jacob Marley, morto havia sete anos naquele mesmo…

Crítica: Se Beber, Não Case!

Sinopse: Durante uma despedida de solteiro em Las Vegas, um grupo de amigos, depois uma noite de bebedeira, perde o noivo. Agora eles têm poucas horas para encontrá-lo antes do casamento. (Omelete) Nunca é tarde pra se ver um filme né? Dois meses depois da estreia, “Se Beber, Não Case!” ainda está em cartaz no…

Crítica: Distrito 9

Sinopse: Há 20 anos uma gigantesca nave espacial pairou sobre Joanesburgo, capital da África do Sul. Como estava defeituosa, milhões de seres alienígenas foram obrigados a descer à Terra. Eles foram confinados no Distrito 9, um local com péssimas condições e onde são constantemente maltratados pelo governo. Pressionado por problemas políticos e financeiros, o governo…

Crítica: Bastardos Inglórios

Sinopse: Durante a Segunda Guerra, na França ocupada pelo exército alemão, a jovem Shosanna Dreyfus (Mélaine Laurent) testemunha a execução da família pelo coronel nazista Hans Landa (Christoph Waltz). Porém, ela consegue escapar e passa a viver sob a identidade de uma proprietária de cinema em Paris, enquanto aguarda o momento certo para se vingar. Ainda…

Crítica: 9 – A Salvação

Sinopse: Quando o boneco 9 ganha vida, ele encontra-se em um mundo pós-apocalíptico, no qual os humanos foram dizimados. Por acaso, encontra uma pequena comunidade de outros como ele, que estão escondidos das terríveis máquinas que vagam pela Terra, com a intenção de exterminá-los. Apesar de ser o novato do grupo, 9 convence os demais…

Festival do Rio – Crítica: A Fita Branca

O trânsito do Rio é infernal mesmo. O filme estava marcado para começar às 16:30. Cheguei 15 minutos atrasado. Sorte que, quando abri a porta da sala de projeção e olhei pra tela, o título do filme acabara de aparecer e não perdi nada! Sorte cinéfila… “A Fita Branca”, título em português do filme vencedor…